top of page

Caixa anuncia que recolherá vagas de efetivos ou função gratificada que aderirem ao PDV

A Caixa anunciou nesta quarta-feira (2/12) que haverá recolhimento das vagas de cargo efetivo e funções gratificadas de natureza técnica (com algumas poucas exceções) dos empregados desligados em virtude de adesão ao Programa de Desligamento Voluntário (PDV).

“Com este anúncio, fica evidente a intenção da direção da Caixa e do governo de diminuir o banco. Precisamos de mais empregados e do retorno das nomeações de funções efetivas de caixa e tesoureiro, e não de PDVs sem reposição e recolhimento das funções técnicas e de assessoramento”, comentou o diretor-presidente da Apcef/SP, Leonardo Quadros.

Mais contratações – Mais de 17 mil bancários já saíram da Caixa desde 2015. Com isso, o quadro de pessoal caiu de 101,5 mil para 84 mil e o número de contas de clientes por empregado subiu de 693 para 1.725. Até mesmo entre estagiários e aprendizes houve expressiva redução. Em janeiro de 2015, a quantidade era de 16.338, e, em setembro deste ano, apenas 7.884, de acordo com o último balanço trimestral divulgado pelo banco, menos de 50%.

Os empregados da Caixa têm se desdobrado para dar conta do atendimento cada vez maior, principalmente durante a pandemia, ao passo que sofrem com a falta de pessoal em virtude da política do governo e do presidente do banco, que tanto se esforça para reduzir a quantidade de empregados.

Com a saída de mais trabalhadores pelo PDV e o recolhimento das vagas, a situação deve piorar ainda mais. A Caixa precisa contratar já para oferecer atendimento decente a toda a população.


Apcef SP

Comments


bottom of page