top of page

Santander: Terceirização do Banco é reprovada com 98,31% pela categoria em Assembleia Nacional


Bancários do Santander participaram na última terça-feira (11), da Assembleia Nacional contra a terceirização do banco.


A consulta teve como objetivo registrar a opinião do funcionário quando à aprovação ou reprovação dos processos de terceirização adotados pelo Santander.


Nos últimos dois anos, ao menos 9 mil trabalhadores deixaram de ser bancários dentro do Grupo Santander do Brasil.


A votação que ocorreu em todo o país, registrou 98,31% de rejeição quanto ao processo de terceirização, que promove perda de direitos conquistados na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).


Durante as assembleias o bancário também foi questionado se preferem que sua representação sindical continue sendo por meio de sindicatos dos bancários: 97,58% reafirmaram que sim.


Comentários


bottom of page