top of page

Santander estende horário de atendimento gerencial até às 16h

Medida vale para todas as agências e passa a vigorar a partir de 1º de julho.


A partir de primeiro de julho, todas as agências do Santander terão atendimento gerencial até as 16h. O atendimento no caixa permanece até às 14h. Algumas regionais já iniciaram a extensão de seus horários a partir desta semana.


A justificativa do banco é que está havendo aglomeração de clientes dentro das agências. Ainda segundo a empresa, a extensão visa melhorar o fluxo interno de atendimento e dar vazão pra demanda.


Para a representante da FEEB-SP/MS, Patrícia Bassanin, a extensão do horário aumentará o risco de contaminação aos funcinários das agências. "Entendo que não é hora de expandirmos horário, visto que as mortes por Covid 19 estão aumentando e ainda não temos vacina para todos", e completa "para o sindicato o que realmente causa fila e aglomerações é a falta de funcionários nas agências".


VacinaJá


A categoria, por meio dos sindicatos e federações vem buscando junto ao poder público em todas as esferas, a inclusão dos bancários como prioritários nos programas de imunização, em consonância com o que estabelece o decreto federal 10.282 de 20/03/2020, alterado pelo Decreto nº 10.329 de 28/04/20, o qual enquadra a atividade bancária como essencial.


Em maio, a Federação dos bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul (FEEB-SP/MS) solicitou a inclusão da categoria no Plano de Imunização estadual, por meio de ofício encaminhado ao secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, e ao presidente da Assembleia Legislativa, Cauê Macris.


Na última quinta-feira (17) a Câmara dos deputados votou o projeto que inclui os bancários como prioridade no Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a Covid-19. O texto segue para aprovação definitiva no Senado.


Números da Pandemia em SP e MS


De acordo com o portal G1, após chegar à triste marca de 500 mil mortes por Covid-19, o país registrou na última segunda-feira (21), a pior alta da média móvel desde março. Ao todo, são contabilizados 502.817 óbitos e 17.969.806 casos.


Em São Paulo, de acordo com informações divulgadas pelo portal oficial do governo do estado, foram registradas mais de 4 mil mortes pela covid-19 em uma semana, além de 123 mil novos casos, o maior número para o período desde o início da pandemia.


Em Mato Grosso do Sul, foram confirmados 1.206 novos casos e 38 mortes por Covid. A alta do número de ocupação de leitos de UTI impressionam. Na macrorregião de Campo Grande o índice é de 110,1% de aumento. Em Três Lagoas, 89,2%; em Corumbá, 90% e em Dourados, 94,2%.


FEEB SP/MS

Comments


bottom of page