• juliana9986

Itaú irá manter home office até setembro

Movimento sindical conseguiu, ainda no início da crise do coronavírus, garantias como a manutenção dos empregos enquanto durar a pandemia, além da permanência de cerca de 300 mil trabalhadores em regime de home office


Desde a chegada do novo coronavírus ao Brasil, o Sindicato vem negociando com os bancos melhores condições de trabalho a fim de preservar as vidas e os empregos dos trabalhadores durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). 

Neste sentido, o movimento sindical conquistou, em mesa de negociação com a Fenaban, garantias como a manutenção dos empregos enquanto durar a pandemia, além da permanência de cerca de 300 mil trabalhadores em regime de home office

Após as cobranças do movimento sindical na mesa de negociação, o Itaú anunciou nesta sexta-feira 5 que irá manter os bancários em esquema de home office ao menos até primeiro de setembro.  

“O Sindicato recebe essa informação de forma positiva, pois as estatísticas e a comunidade médica e científica afirmam que o Brasil ainda se encontra no olho do furacão da crise sanitária, pois a pandemia sequer atingiu seu pico de contaminação e mortes no país”, ressalta Ivone Silva, presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região e bancária do Itaú. 

“Por isso o movimento sindical tem pedido na mesa de negociação que os bancos mantenham o home office e, mais do que isso, como São Paulo se tornou o epicentro da epidemia no Brasil e caminha para ser epicentro mundial, estamos cobrando a implantação do sistema de lockdown”, afirma Ivone.


SEEB SP


Seguir:

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo