• Bancários Sorocaba

Comando dos Bancários cobra fim do assédio moral e Fenaban irá analisar as propostas


A maior causa do adoecimento na categoria bancária é a pressão que vem acompanhada do assédio moral, por metas abusivas. E este foi um dos principais pontos da negociação que aconteceu na tarde desta segunda-feira (1) entre o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban).


Para a categoria, o tema de Saúde tem uma importância muito grande. Com as mudanças do setor financeiro houve alterações também no tipo de doença entre os bancários. Antes as doenças que mais acometiam a categoria eram as Lesões por Esforços Repetitivos (LER) e os Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (Dort) e agora é o adoecimento mental.

De acordo com os bancos, as metas não geram adoecimento e o adoecimento mental não é um problema dos bancários. Em resposta, o Comando Nacional demonstrou que o adoecimento mental dos bancários é maior que em outras categorias e ressaltou a importância do avanço ao combate ao assédio moral.

Após a pressão do Comando, a Fenaban aceitou analisar as propostas da minuta de reivindicações da categoria.

0 comentário