top of page

Caixa propõe retirada de direitos em mesa de negociação, mas a CEE rejeitou


Em reunião entre a Comissão Executiva dos Empregados (CEE) e a Comissão de Empresa da Caixa Econômica Federal, quarta-feira (17), os representantes dos empregados cobraram da Caixa a garantia de todos os direitos, tanto presenciais como de teletrabalho.


E segundo informações da Feeb SP/MS, contradizendo o discurso da nova presidente da Caixa, Daniella Marques, os representantes do banco público, além de não sustentarem todos os itens que foram debatidos nas oito rodadas de negociações anteriores, ainda apresentaram uma enxurrada de retirada de direitos.

Na ocasião, o banco propôs retirar avanços obtidos nas mesas específicas de negociações, entre eles mudar o parcelamento do adiantamento de férias de 10 vezes para três vezes, retirada do intervalo de descanso de 10 min a cada 50 min trabalhados para caixas e avaliadores, e com relação ao vale refeição mensal, a Caixa está propondo diarizar o valor e em caso de licença médica suspender o pagamento.


A CEE rejeitou propostas em mesa.

Comments


bottom of page