• juliana9986

BRADESCO PROMOVE A RETIRADA DE PORTAS COM DETECTORES DE METAIS EM ITU

Com a conivência da Policia Federal, os bancos começam orquestrar a retirada de portas com detectores de metais das agencias bancárias, com a alegação de que elas foram transformadas em agências de negócios!

O banco alega que naquelas localidades não existirão mais os caixas físicos e por não ter circulação de dinheiro, as portas se tornam obsoletas ou desnecessárias!

Mas o autoatendimento permanece ali a disposição dos clientes? Não existe dinheiro naquelas maquinas? O bandido vai se importar com papeis informativos dizendo que ali não existe mais dinheiro? E se ele não conseguir “roubar” as maquinas, não roubará os pertences daqueles que estiverem presentes naquele prédio (clientes e funcionários)?

Já fizemos estas perguntas ao Banco Santander iniciou a retirada destas portas e que deu negativas menos reais que nossas perguntas. Agora na mesma esteira das retiradas vêm o Bradesco, com todas as mesmas alegações que não justificam!

Como representante do coletivo de segurança bancária, questiono a manutenção da mesma agência que anteriormente “tinha dinheiro” como agência de negócios. Entendo que o banco deve tentar seguir os passos dos bancos virtuais, mantendo o quadro de funcionários, mas que deveria aproveitar o numero de registro de cada agência transformada e adapta-las em prédios, longe das ruas que dão visibilidade aos marginais, pois nos prédios existem seguranças, catracas, filmagens, porteiros ou controladores de acessos e onde um prédio é diferente de uma agência bancária “de negócios”?


Julio César Machado - Presidente do Sindicato dos Bancários de Sorocaba e Região

Seguir:

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo