Sindicato fecha agência do Itaú que promoveu demissão injusta


Agência ficou fechada na segunda e terça-feira, após banco negar reintegração de trabalhadoras demitidas doentes e com idade próxima de aposentadoria

O Sindicato dos Bancários de São Paulo fechou a agência do Itaú, no Shopping Center Norte, que promoveu na semana anterior demissões de bancárias que estavam próximas à idade de se aposentar e com mais de 26 anos de casa.

Em contato com o banco, reforçando o caráter desumano das demissões, o Sindicato pediu a reintegração das trabalhadoras, pedido negado pelo Itaú.

Após a negativa, dirigentes sindicais fecharam a unidade, em protesto contra a “meritocracia” defendida pelo Itaú, que tem desligado da instituição trabalhadores que dedicaram suas vidas a empresa.

“É sabido que o banco tem estratégia para o longo prazo, enquanto os bancários não tem estratégia para o dia seguinte. Os bancários precisam ter estratégias para manter seu emprego, pois o histórico tem mostrado que não há a nenhum respeito com o trabalhador”, afirma a dirigente sindical e funcionária do Itaú, Márcia Basqueira.

Ela alerta para que o trabalhador que tenha avaliações negativas no programa Trilhas e Carreiras fique atento e busque orientação, porque na terceira avaliação semelhante (crítica no L inferior) o bancário é desligado do banco, segundo os critérios pouco objetivos do Itaú em avaliar a “meritocracia”.

A atividade teve uma ampla aceitação pelos outros funcionários e também pela população, que se mostrou indignada com as demissões.

O Sindicato segue em diálogo com as trabalhadoras, que devem buscar reintegração ao trabalho, seja por meio do auxílio doença ou por via judicial.

SEEB SP

#itaú

Posts recentes

Ver tudo

Seguir:

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo