PRESIDENTE DO SINDICATO DE SOROCABA COMENTA PROPOSTA DA FENABAN


As negociações acabaram e os banqueiros não oferecerem nada mais do que 5,5% de aumento salarial, mais R$ 2.500 de abono. Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários de Sorocaba e Região, Julio Cesar Machado, que estava presente na reunião, o banqueiro humilhou a categoria com essa proposta tão baixa, uma vez que a inflação declarada em 12 meses está em 9,5%.

“Os banqueiros afirmam que a inflação cairá em 2016, daí o motivo da proposta. Afirmam também que a crise não afetará a lucratividade deles. É uma afronta, um desrespeito total para com o povo brasileiro, pois esparramam nossas atividades entre correspondentes, cobram caro pelo serviço, não oferecem segurança e expõem o cidadão ao mau atendimento. Irresponsáveis com a conjuntura nacional, continuam pensando somente em seus lucros”, enfatiza Julio.

BB e CEF

Os bancos públicos, por sua vez, não aceitaram negociar com negociadores sindicais, como sempre é feito após contraproposta. Na visão de Julio Cesar, essa é uma atitude que além de desrespeitosa, pode ser muito perigosa para os funcionários do BB e da CEF, pois acabam se isolando.

SEEB Sorocaba

#sindnews

0 comentário