top of page

SANTANDER LANÇA CAMPANHA EM MEIO A PANDEMIA!

O Banco Santander esta lançando um desafio de dois dias para que todos os funcionários vendam a maquininha do banco, ignorando os perigos da pandemia.

Os funcionários não reclamam de trabalhar, mas a maioria deles aponta o risco da contaminação, pois as orientações são para ir “a campo” e isso significa ir para as ruas.

Para complicar um pouco mais, saímos de uma negociação salarial nesta data, onde a Fenaban propõe redução em nossa PLR em 48% alegando a lucratividade baixa em virtude da pandemia, mas esquecem de toda a lucratividade alcançada anos a fio, quando o trabalhador deu o seu melhor e os números apareceram.

É isso mesmo, reduzir nossa PLR pela metade!

“Nossos dirigentes do banco Santander estão recebendo inúmeras reclamações, temem o contagio pelo Covid19 se for obrigados visitar clientes presencialmente” afirma Julio Cesar machado Presidente do Sindicato dos Bancários de Sorocaba.

Marcelo Teles e Rodolfo Lima, ambos os funcionários do Banco Santander estão sendo contatados como um pedido de socorro, com lamentações de já não basta correr o risco da atividade essencial presencial, agora se expor definitivamente, indo para as ruas.

E tem mais! Começou veicular os vídeos onde os funcionários são obrigados encenar uma alegria em participar da campanha, todos com a fala decorada e em um dos casos, 10 funcionários próximos uns dos outros e nenhum equipamento de proteção.

Não resta duvida alguma que se trata de uma campanha nacional e tentamos um contato com o RH do banco, mas não obtivemos retorno.

“Penso que o banco deveria rever suas orientações e considerar o momento que vivemos, transmitindo aos funcionários orientações condizentes com suas funções, aconselhando as precauções contra a pandemia em primeiro lugar, dando a cada colaborador aquilo que for possível executar, com respeito à vida e ao próximo”, finaliza Julio.


Júlio César Machado - Presidente do Sindicato dos Bancários de Sorocaba e Região

Comments


bottom of page