• juliana9986

Receita paga grana do quarto lote da restituição do IR 2020

Cerca de 4,4 milhões de contribuintes de todo o país terão acesso aos valores


A Receita Federal liberou nesta segunda-feira (31) o pagamento do quarto lote da restituição do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física) 2020. Segundo o órgão, pouco mais de 4,4 milhões de contribuintes terão acesso à grana, que soma R$ 5,7 bilhões.

Para conferir se a restituição foi liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita Federal na internet, na área destinada ao IRPF. Na página inicial, no quadro central, é possível ter acesso ao campo de consulta. Clique aqui.

O próximo passo é inserir CPF, data de nascimento e os caracteres que aparecem na tela. Também é possível fazer a verificação por meio de aplicativo para celular.

Se o recurso já tiver sido liberado, o sistema constará a informação "situação da restituição: creditada". Caso contrário, a mensagem exibida será "sua declaração está na base de dados da Receita Federal com a seguinte situação: processada - em fila de restituição". Quem tiver cometido algum erro ao declarar pode ter caído na malha fina.

De acordo com a Receita, o quinto e último lote da restituição do IRPF 2020 será pago no dia 30 de setembro. O órgão federal não informou a data em que irá liberar as consultas do quinto lote, mas, em geral, a consulta pode ser feita uma semana antes.


Números

Dos R$ 5,7 bilhões pagos pela Receita referentes ao quarto lote do IRPF 2020, R$ 248,6 milhões foram liberados a contribuintes com prioridade legal. Entre os que estão nesse grupo, 6.600 são idosos com mais de 80 anos; 36,1 mil têm entre 60 e 79 anos; 4.300 possuem deficiência física ou mental ou alguma doença considerada como grave; e 17,7 mil contribuintes têm o magistério como fonte de renda principal.

Fique atento

O crédito referente à restituição fica disponível no banco até um ano após o pagamento pela Receita. Passado esse prazo, o contribuinte que não tiver feito o resgate deve fazer um requerimento pela internet. Para isso, terá de acessar o portal eCAC (Centro Virtual de Atendimento).

Se o valor não tiver sido creditado, o contribuinte poderá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou entrar em contato com a Central de Atendimento, pelo telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança de qualquer banco.


Agora

Seguir:

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo