top of page

Para evitar fraudes, planos de saúde ampliam exigências para reembolso


Com o intuito de reduzir as fraudes nos reembolsos dos planos de saúde, desde o início do ano as operadoras têm colocado mais exigências em seus processos de concessão de ressarcimento, tanto para os usuários como para os prestadores de serviço.


No caso dos consumidores, muitos planos passaram a exigir etapas adicionais de segurança para liberar os reembolsos, como biometria facial.


Segundo informações, a maior burocracia e a consequente demora no ressarcimento levaram ao aumento das reclamações sobre reembolso à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).


Foi divulgado que até a primeira semana deste mês, o número de queixas correspondia a cerca de 80% de todos os registros em 2022: 23.366, contra 30.567.


Comments


bottom of page