• Bancários Sorocaba

Nova onda de Covid-19 afeta agências bancárias do país

Cerca de 20 municípios paulistas foram afetados

O Sindicato dos Bancários de Sorocaba e Região tem acompanhado de perto os casos de covid-19 nas agências bancárias da região. Somente na primeira semana do mês de janeiro, 15 agências nas regiões de Sorocaba e Jundiaí fecharam as portas depois que funcionários testaram positivo para a doença.


Segundo o levantamento da Federação dos Bancários de São Paulo e Mato Grosso do Sul, cerca de 20 cidades paulistas suspenderam o atendimento, que na maioria dos casos, foi retomado em um ou dois dias para higienização.


No dia 7 de janeiro, o presidente do Sindicato dos Bancários de Sorocaba e Região, Júlio Cesar Machado, participou de uma reunião virtual com a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos). Ele mencionou que um dos protocolos discutidos durante o encontro foi a higienização.


“A Fenaban tem uma informação da Agência Nacional de Saúde de que a sanitização não é mais recomendada, que a higienização pode ser realizada a contento. O que pedimos é que todos façam a higienização das mãos, use álcool, máscara e que façam a preventiva dentro de casa, com a família,” afirma.


O Sindicato segue recebendo inúmeras denúncias de casos de covid-19 e influenza nas agências. “Estamos preocupados com a situação, não queremos expor nenhum funcionário e cobramos para que os locais sejam devidamente higienizados. Compareci na agência central Bradesco na semana passada e constatei a insegurança do quadro de funcionários”, afirma o diretor Luiz Beluzzi Júnior.


O Sindicato dos Bancários de Sorocaba e Região vai manter a fiscalização para a segurança de todos os funcionários. As denúncias podem ser realizadas de forma anônima através do WhatsApp do Sindicato dos Bancários de Sorocaba e Região.







0 comentário