• juliana9986

MPF pede que acusados de fraudar Funcef devolvam R$ 600 milhões

A força-tarefa Greenfield, do Ministério Público Federal (MPF), ofereceu nessa quinta-feira (15/10) denúncia contra grupo acusado de cometer irregularidades na gestão do fundo de pensão da Caixa Econômica Federal (Funcef).

Agora, caberá à 10ª Vara Federal da Justiça Federal no Distrito Federal decidir se torna os acusados réus no processo. Tudo ocorria mediante pagamento de propinas aos responsáveis pelas análises de investimentos do fundo de pensão.

A força-tarefa observou, ao longo das apurações, que os investigados pagavam pelas cotas do FIP mais do que elas valiam. A ação provocava prejuízo de partida, ou seja, independente do próprio sucesso que a empresa viria a ter no futuro.

“Ao reconhecer um valor irreal da empresa que é alvo do investimento, o fundo também foi prejudicado por não dimensionar corretamente o potencial de ganho no investimento e os riscos envolvidos no negócio, terminando por se envolver em empreendimento que não se justifica do ponto de vista econômico, na lógica de custo-benefício”, informou o Ministério Público Federal.

Fonte: Metropoles

Seguir:

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo