top of page

Levantamento do Dieese mostra que setor bancário fechou 2022 com saldo positivo de contratações


O levantamento realizado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), com base no Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), mostrou que a trajetória do emprego formal no setor bancário apresentou oscilação durante todo o ano de 2022.


Segundo informações da pesquisa, somente nos meses de janeiro, fevereiro, agosto e setembro a soma das contratações foi maior do que a das demissões.


Porém, falando de modo geral, o saldo de contratações é maior do que o número de demissões e ao todo 4.716 postos de trabalho foram ocupados durante o ano.


O levantamento também traz dados com relação aos perfis dos trabalhadores:


- As admissões de mulheres foram 19,1% menores que a dos homens e os desligamentos, 5,4% superiores.


- Com relação à idade, a geração de vagas se concentrou nas primeiras faixas etárias, até 29 anos, com aumento de 10.351. Para trabalhadores com 30 anos ou mais, houve movimento contrário, com o fechamento de 7.529 vagas.


- A maior proporção entre os admitidos foi da raça branca (60,8%) e com superior completo (55,3%).


- As admissões de trabalhadores pretos e pardos foram de 33,9% da totalidade, enquanto os desligamentos foram de 25,6%.


A pesquisa completa pode ser acessada aqui: https://bit.ly/3xjc8Ch


Comentarios


bottom of page