• Bancários Sorocaba

COE negocia com Bradesco sobre retorno de quem estava em trabalho remoto, confira


No dia 22 de abril, o Ministério da Saúde comunicou o encerramento da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (Espin) em decorrência da Covid-19.

Com a decisão, a cláusula do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) de trabalho remoto, que está vinculada à Espin, deixa de existir, e todos os trabalhadores devem voltar ao trabalho presencial.


Sendo assim, a COE negociou com o Bradesco formas de redução do impacto da convocação dos trabalhadores ao retorno presencial, inclusive os do grupo de risco.

Para isso, a representação dos trabalhadores pediu a prorrogação do prazo de retorno deste grupo, marcado para o dia 23 de maio. O objetivo é dar mais tempo para que os mesmos se organizem. O banco concordou e o retorno se dará no dia 06 de junho 2022.

Foi pedido também pela representação dos trabalhadores a avaliação e possibilidade de manter em home office o grupo de risco grave e pessoas com comorbidades. Em resposta, o banco informou que a equipe de saúde irá analisar pontualmente os casos.

0 comentário