top of page

Caixa tem fila sem distanciamento para saques do auxílio emergencial

Com pagamento de benefícios e FGTS, muitos ainda sofrem com aplicativo Caixa Tem



As filas nas agências da Caixa Econômica Federal, a menos de uma semana do Natal, chamaram a atenção em São Paulo, nesta quinta-feira (17). O banco estatal está pagando os benefícios do Bolsa Família, parcelas do auxílio emergencial de R$ 600 e de R$ 300 e o saque emergencial do FGTS, de até R$ 1.045.

Na agência da Caixa que fica na rua Américo Salvador Novelli, 427, em Itaquera, zona leste da capital paulista, o auxiliar de manutenção Josué da Rocha, 51 anos, teve que chegar às 7h da manhã e aguardar até as 11h30, numa fila sem distanciamento social, para resolver um problema que não teve solução pelo aplicativo Caixa Tem e conseguir sacar o auxílio emergencial pago na pandemia.

“No aplicativo não dá. Ele nunca funciona. Quando funciona um pouco vêm várias telas com perguntas e depois trava. Sempre trava no meio do acesso e não completa nada”, disse Rocha, que estava usando máscara.

Enquanto as pessoas aguardavam a vez para fazer uma fila dentro da agência, uma funcionária orientava sobre os principais atendimentos do banco, mas sem organizar o distanciamento social, por conta do agravamento da pandemia do novo coronavírus.

O autônomo José Alves Souza, 46 anos, também encontrou problemas para usar o aplicativo e teve que enfrentar uma fila na Caixa, mas considerou que vale o risco. “Solucionaram certinho e foi rápido o processo lá dentro”, contou ele, que também estava usando máscara.

Nesta sexta (18) e segunda (21), recebem o auxílio emergencial beneficiários do Bolsa Família com cartão de finais 7 e 8, respectivamente. Na terça (22) e na quarta (23), é a vez dos finais 9 e zero. Ao contrário do ano passado, quando o governo editou uma medida provisória, o Bolsa Família não terá uma 13ª parcela. Veja como contestar o auxílio emergencial negado ou cortado.

Já o prazo para sacar o dinheiro do FGTS Emergencial termina no dia 31 de dezembro. O valor é de até um salário mínimo (R$ 1.045), de acordo com as regras da medida provisória 946/20, que o governo publicou em abril.

Depois de um período de falhas com o aplicativo Caixa Tem, usado para movimentar o auxílio emergencial e o FGTS, o governo fez alterações no sistema e foi solicitado que quem já tinha o aplicativo instalado fizesse a atualização.


Banco cita medidas adotadas

A Caixa informa que permanece realizando ações sistêmicas para dar celeridade ao atendimento nas agências e oferecer um serviço de qualidade aos beneficiários. O banco cita a triagem das filas nas agências do banco antes da abertura das unidades e a recepção qualificada dos clientes durante todo o horário de funcionamento.

O banco também informa que mantém sinalização/delimitação do piso externo da agência, além de vigilantes e empregados Caixa que conduzem a organização da fila.

Segundo o banco, todas as agências seguem funcionando para atendimento presencial no interior das agências apenas para serviços sociais essenciais.


Cuidado com golpes

Com o pagamento de tantos tipos de benefício e o crescimento de transações digitais na pandemia, a Caixa alerta para o aumento no volume de tentativas de golpes. Atenção: o banco explica que nunca manda emails ou mensagens pedindo informações, com links ou solicitações de senhas e atualizações, justamente para garantir a segurança do processo.

Se o cliente tiver alguma dúvida sobre os protocolos de segurança, a Caixa tem canais próprios de atendimento remoto, como o 0800 e a ouvidoria.


Agora

Comments


bottom of page