top of page

Caixa: Instituição quer que funcionários com cargo de gerência nacional devolvam parte da PLR


A Caixa Econômica Federal quer de volta parte da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) recebida por um grupo de 1,3 mil funcionários que ocupam cargos de gerência nacional.


Segundo informações, os valores foram pagos de forma antecipada em setembro de 2022, mas, como o lucro ficou em R$ 9,2 bilhões, abaixo do projetado, a direção do banco decidiu pedir de volta o que foi desembolsado a mais.


A segunda parte da PLR, paga a 85 mil funcionários da Caixa, foi creditada na sexta-feira (24), o que representa 98% do quadro de pessoal. Porém, esse grupo de 1,3 mil gestores recebeu um comunicado da direção do banco informando que, ao invés de receber, eles terão que devolver o que receberam a mais.


O pagamento pode ser feito em até 10 parcelas, descontadas no contracheque, sendo a primeira em maio.

Ao ser questionada, a Caixa informou em nota que está cumprindo o que prevê o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT).

bottom of page