top of page

Caixa encerra parcelas do auxílio emergencial; veja calendário

Depósitos ocorrem entre os dias 13 e 29 de dezembro; saques começam dia 19


O pagamento do auxílio emergencial para a população que perdeu renda devido à pandemia de Covid-19 entrará em seu último ciclo neste mês.

Para cumprir o calendário ainda dentro do que permite o decreto de calamidade pública, válido até o fim de 2020, a Caixa Econômica Federal, responsável pelos pagamentos, concluirá todos os depósitos das parcelas em aberto entre os dias 13 e 29 para cidadãos que solicitaram o benefício por aplicativo ou foram incluídos por estarem inscritos no CadÚnico.

Beneficiários do Bolsa Família que recebem o auxílio também terão os depósitos neste mês, mas entre os dias 10 e 23.

Como a aprovação dos quase 68 milhões de beneficiários ocorreu em lotes espalhados ao longo do ano desde a abril —a mais recente validação de cadastros ocorreu em novembro—, seis diferentes grupos serão atendidos no mesmo calendário de pagamentos, sem considerar o público do Bolsa Família.

A diferença é quantidade de parcelas que cada grupo receberá. Beneficiários que tiveram a primeira parcela em abril agora receberão o nono pagamento, enquanto os últimos aprovados terão quatro cotas depositadas em suas contas.

O número de parcelas pagas acumuladas ao longo do ano também muda conforme o mês da entrada no programa.

Os primeiros lotes de aprovados já receberam as cinco parcelas originais, de R$ 600 cada (R$ 1.200 para mães responsáveis pelo sustento da família), e terão neste mês a conclusão de mais quatro pagamentos de R$ 300 (ou R$ 600, para mães) permitidos pela extensão do programa.

Aprovados entre maio e julho terão entre seis e oito parcelas, sendo cinco de R$ 600 e as demais de R$ 300. Aprovados a partir de outubro ficarão apenas com as parcelas originais.

A Caixa manterá neste último ciclo a regra que antecipa as datas de depósitos na conta digital, que permite apenas compras e pagamento de contas pelo aplicativo Caixa Tem, e só depois liberará os saques e transferências bancárias, que serão permitidos entre 19 de dezembro e 27 de janeiro. Veja o calendário completo ao final da página.


AUXÍLIO EMERGENCIAL | ÚLTIMO CICLO

  • O auxílio emergencial para enfrentamento da crise do novo coronavírus está chegando ao fim

  • Veja abaixo as datas e distribuição das parcelas do último ciclo de pagamentos do benefício

Para quem não recebe Bolsa Família

  • O pagamento do auxílio emergencial chegará ao seu último ciclo no dia 13 dezembro

  • Até o dia 29 desse mês, a Caixa encerrará todos os depósitos nas poupanças digitais

  • A liberação para saques se dará entre 19 de dezembro e 27 de janeiro do próximo ano

Datas são iguais, mas parcelas variam

  • As datas de pagamentos dos últimos lotes serão as meses para todos os beneficiários nascidos em um mesmo mês

  • As parcelas que esses beneficiários irão receber, porém, variam em relação à ordem numérica, quantidade e valor

  • Essa variação ocorre devido à data de solicitação e ao tempo que o governo demorou para analisar e revisar os pedidos

  • Enquanto os primeiros aprovados, ainda em abril, receberão a 9º parcela, de R$ 300, os últimos receberão da 2ª até a 5ª de R$ 600

  • Apesar de receberem uma bolada neste último lote, os últimos beneficiários aprovados serão prejudicados, pois ficarão sem quatro parcelas de R$ 300

Agora

bottom of page