top of page

Brandão fica no Banco do Brasil; medidas são dúvida

A permanência do presidente do Banco do Brasil (BB), André Brandão, é dada como certa na instituição financeira. O Valor apurou que surtiu efeito a investida de parte da equipe econômica e da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, de reverter a demissão do executivo pelo presidente Jair Bolsonaro.


Ao mesmo tempo, há dúvidas no BB se o governo fará algum gesto público bancando Brandão — um aceno nesse sentido é considerado desejável, mas pouco provável. O Ministério da Economia se manteve em silêncio durante toda essa crise e o Palácio do Planalto não se pronunciou oficialmente também.


Mesmo com Brandão no cargo, não está claro qual o destino das medidas de eficiência anunciadas pela instituição no início da semana, e que foram o estopim da irritação de Bolsonaro. Fontes ligadas ao banco afirmam que ainda não houve nenhuma sinalização sobre o andamento do plano, que prevê a racionalização da rede de agências, num movimento que envolve 870 pontos de atendimento, e cerca de 5 mil demissões voluntárias.

Fonte; Valor Investe

Comments


bottom of page