top of page

BB insiste em reduzir ciclos avaliatórios da GDP e representante da federação discorda


O Banco do Brasil voltou a propor a redução dos ciclos avaliatórios da Gestão de Desempenho Profissional (GDP), durante a sétima rodada virtual de negociação da pauta específica com a Comissão de Empresa (CEBB), realizada nesta terça-feira (16).


O banco quer apenas um ciclo avaliatório para descomissionar. O aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), em vigor até o dia 31 deste mês de agosto, estabelece três ciclos consecutivos.


Para a representante da Federação dos Bancários de SP e MS na CEBB, Elisa Ferreira, o Banco do Brasil está na contramão no debate sobre metas, assédio moral e adoecimento.



Commenti


bottom of page