top of page

26ª Conferência Nacional aprova reivindicações da campanha


Foto: Contraf/CUT


Na 26ª Conferência Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro, realizada em São Paulo, 632 delegados representantes de sindicatos de bancários de todo o país aprovaram a minuta de reivindicações da categoria. Este documento será entregue aos bancos nos próximos dias, marcando o início das negociações da Campanha Nacional dos Bancários. Grande parte da delegação do Rio Grande do Sul participou remotamente por meio de plataforma digital de videoconferência.


A minuta de reivindicações da categoria inclui nove eixos, dos quais três são destacados: aumento real de 5%, busca por uma Participação nos Lucros e Resultados (PLR) maior e ampliação de direitos. Além disso, a minuta visa o fim do assédio e de práticas prejudiciais à saúde mental na cobrança de metas, uma questão especialmente relevante para os bancários. Outro ponto importante é a defesa dos empregos diante dos avanços tecnológicos no setor bancário.


O documento será submetido à aprovação em assembleias realizadas pelos sindicatos de todo o país no dia 13 de junho, com exceção das bases sindicais que já aprovaram o referendo durante a conferência nacional. Após a aprovação, a minuta será entregue à Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) para iniciar as negociações da Campanha Nacional dos Bancários 2024.



Comments


bottom of page