• juliana9986

23ª Conferência Nacional dos Bancários presta homenagem à Jeferson Boava

Abertura contou com a participação de representantes de federações e centrais sindicais de todo o País


A abertura da 23ª Conferência Nacional dos Bancários aconteceu nesta sexta-feira (03) e contou com número recorde de participação, somando entre inscritos e convidados, mais de 1.200 representantes. O evento, que foi transmitido pelo youtube, teve o tema “Vida é luta” e homenageou as milhares de vítimas da Covid-19 no país, especialmente os companheiros do movimento sindical.


Entre as homenagens exibidas o presidente da Federação dos Bancários Jeferson Boava, foi lembrado por meio de imagens e de vídeos de momentos de luta e defesa da categoria. Vídeos com depoimentos dos filhos Alexandre e Mariana, e do enteado Vinícius, foram transmitidos em homenagem ao pai.


O secretário geral da Feeb SP/MS, Reginaldo Breda, falou emocionado durante a abertura. “Diferente dos outros anos que chegamos até aqui com o sentimento de conquistas, neste chegamos com sentimentos múltiplos, de dever cumprido e também de saudade dos companheiros que partiram. Tudo isso em consequência de um governo federal insano, imprudente e egoísta. Vida é Luta e vamos continuar unidade na luta pela dignidade, pela redução das desigualdades e pela saúde de nossos familiares, dos trabalhadores e pela democracia”, destacou.


Além da crise sanitária, o primeiro dia de Conferência Nacional, teve como destaque as intervenções dos participantes em defesa dos direitos e da democracia.


A presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Juvandia Moreira, uma das coordenadoras do Comando Nacional dos Bancários, o responsável pela realização da Conferência, ressaltou a dura conjuntura que vivemos no país.

“Desde o ano passado, vivemos numa pandemia que ceifou milhões de vidas. No Brasil, foram quase 600 mil vidas por conta da gestão da pandemia que foi feita pelo governo Bolsonaro. Temos um governo genocida, porque teve oportunidade de comprar vacina e não comprou. Não comprou porque foi buscar intermediários para comprar vacina. Vamos homenagear todos os bancários e bancárias que perderam suas vidas, homenagear os dirigentes sindicais que lutando para defender a vida dos bancários perderam a suas vidas. Por causa desse desgoverno. Vamos continuar lutando firme e forte”, disse.


Os debates da 23ª Conferência Nacional dos Bancários seguem neste sábado (4), a partir das 9h, com mesas sobre “Retrato da categoria bancária”; sobre “Qual sistema financeiro o Brasil precisa”; e sobre uma proposta para o “Brasil sem desigualdades”.


Divulgação

Para ampliação das ações da 23ª Conferência Nacional dos Bancários nas mídias sociais, especificamente no Twitter, solicitamos às entidades (sindicatos e federações) que incentivem os inscritos, delegados (as) e convidados (as), a criarem conta nesta mídia social a fim de participar das mobilizações virtuais durante o evento.


FEEB SP/MS

0 comentário