top of page

Reestruturação do BB impacta a Previ; eleitos dão apoio à luta dos funcionários


Os dirigentes eleitos da Previ reafirmam seu apoio à luta dos funcionários do Banco do Brasil contra a implementação de maneira unilateral do novo plano de reestruturação, denominado Performa. “Mas que parece mais uma Deforma, que tem por base a redução salarial”, critica Fábio Santana, diretor do Sindicato dos Bancários da Bahia e conselheiro fiscal eleito da Previ.

“É importante que todos saibam que essa redução salarial tem um impacto muito grande, a longo prazo, na Previ. Reduzindo salário e reduzindo número de funcionários, levarão a uma redução dos ativos da Previ”, alerta Fábio no vídeo abaixo.

Tânia Dalmau Leyva, diretora do Sindicato de Curitiba e conselheira consultiva eleita do Previ Futuro, concorda que a reestruturação “visa reduzir salários, reduzir cargos e incentivar a saída de pessoas do banco. E isso diretamente vai afetar a Previ, porque hoje a reserva que a gente faz é baseada no nosso salário. E se ele diminui, diminui a reserva”.

‘Querem acabar com o Banco do Brasil’

“Esse tipo de plano que o banco coloca para o mercado é justamente para atender aos anseios das instituições privadas. Querem acabar com o Banco do Brasil. Querem acabar com essa instituição de mais de 200 anos”, acrescenta Tânia, também no vídeo.

Por isso os sindicatos iniciaram uma mobilização nacional, que começou no dia 27 de fevereiro com os funcionários vestindo preto. “E ela vai se prolongar até que consigamos evitar que esse plano continue adiante. Performa, não. É assim que o funcionário do banco vai agir, até que o banco sente para negociar”, avisa a dirigente sindical e conselheira consultiva eleita do Previ Futuro.

Tânia faz um chamamento aos associados: “Então, participante da Previ, fique atento à nossa luta, que está só começando. Vamos precisar de todo apoio. Acompanhe no site, nas nossas redes, para que a gente possa dialogar com você sobre esse plano, porque ele vai prejudicar muito a Previ”.

Por tudo isso, “estamos aqui para manifestar nosso apoio em defesa do Banco do Brasil, uma instituição bicentenária, e não é um governo de plantão que vai acabar com ela. Força. Estamos juntos em defesa do Banco do Brasil”, conclui Fábio, o conselheiro fiscal eleito da Previ.

Associados Previ

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page