Retrospectiva - Negociação com o Santander resulta em avanços


Agosto 2019 - A COE (Comissão de Organização dos Empregados) do Santander conseguiu avanços na reunião realizada no dia 1 de agosto, com o Santander, em São Paulo. Na discussão sobre o prazo exigido para que os bancários e bancárias que retornam de licenças tirem certificações da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), os dirigentes sindicais criticaram o curto espaço de tempo e as pressões que estão sendo feitas contra este segmento. Como resposta, o banco concordou em ampliar o prazo para 60 dias, mesmo tempo que será dado para os que os funcionários que estão com a certificação vencida. Sobre a questão do quilômetro rodado, a COE ponderou que o valor negociado em abril, de R$ 0,89 estava defasado e solicitou reajuste. Neste sentido, o Santander se comprometeu em reajustar anualmente, no mês de dezembro, o valor, como base no IPCA. Foi debatida ainda com o banco a retirada de portas de segurança e de vigilantes, o aumento abusivo no valor da mensalidade e na coparticipação do Plano de Saúde e problemas enfrentados para os funcionários e funcionárias que retornam do afastamento para tratamento de saúde. O banco não aceitou o teto de coparticipação proposto pela representação de R$200,00, mas analisará os casos mais críticos de forma a não onerar em excesso o funcionário. Informou também que já está disponível no site das operadoras os valores cobrados em exames para melhor escolha. “A princípio, o Santander concordou com algumas das reivindicações apresentadas e deve se pronunciar nos próximos dias a respeito dos demais assuntos levantados na reunião. O banco obteve lucro líquido de R$ 7,12 bilhões no primeiro semestre, tendo, portanto, plenas condições de atender o solicitado”, avalia Rodolfo Lima, diretor do Sindicato dos Bancários de Sorocaba e funcionário do Santander.

#santander

Posts recentes

Ver tudo

Seguir:

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo