top of page

Supremo decide hoje sobre redução nos salários de servidores públicos de todo o país!


Bolsonaro costura apoio dos ministros para a medida

Nesta quinta-feira — dia 6 — pode cair uma senhora bomba na cabeça dos servidores públicos de todo o país. Nessa data, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidirá se a União, estados e municípios podem reduzir os salários do funcionalismo. Parece absurdo, mas é o que o Judiciário e o governoBolsonaro querem fazer contra milhões de trabalhadores.

Leia também:

Corte | Governo cria fórmula para cortar quase a metade dos servidores públicos do país!

Bolsonaro apoia

Segundo matéria do dia 3 de maio de O Dia, o governo Bolsonaro costura o apoio da maioria dos ministros da Corte para que votem contra os servidores. O Dia informa também que "governistas inclusive acreditam que o aval da Corte já está encaminhado." Continua, após o anúncio.

Economia

A Advocacia Geral da União — AGU — fala em economia de R$ 80,4 bilhões, casotodos os estados cortem salários de seus servidores.

Esquerda contra

O corte nos salários dos servidores públicos está previsto originalmente em um artigo da Lei de Responsabilidade Fiscal — LRF. Em 2001, PT, PCdoB e PSBentraram com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 2.338 contra tal artigo. O PSOL ainda não existia nessa época.

É essa ADI 2.338 que o Supremo julgará na quinta. Se o STF julgar contra a ADI e a favor de Bolsonaro, servidores poderão ter seus salários rebaixados. Em caso de derrota do funcionalismo, estes terão também suas jornadas de trabalho reduzidas.

Gazeta do povão

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page