QUEM É CONTRA O GOVERNO E DE QUEM ELE É CONTRA!


Neste momento que vivemos de fortes mudanças e muitas duvidas cabe uma reflexão, que peço a atenção de todos para alguns pequenos pontos que colocarei abaixo.

Alguns dizem que o povo é contra o militarismo, por ser agressivo e radical, enquanto outros dizem que o povo é contra o Servidor Público por conta das mordomias e outros benefícios, enquanto o movimento sindical esta sendo vitima de uma série de mudanças, que atingem diretamente a fonte de arrecadação e desmonta o poder de agrupamento ou geração de ideias para melhoria das condições de trabalho.

Primeiro vieram com a terceirização, depois com a reforma trabalhista e agora querem mexer com a Previdência Social, dita falida. A terceirização só ajudou a classe patronal que contrata mão de obra mais barata, a reforma trabalhista não gerou os empregos prometidos, tem empresários demitindo e não contratando, na reforma previdenciária queriam tirar os 40% dos funcionários demitidos que são pagos via FGTS, o que uma coisa tem com a outra?

Na verdade a briga midiática esta confundindo o povo brasileiro e muitos acreditam que é a melhor saída, reformar a previdência, mas espera aí, porque reformar se existe inadimplências monstruosas por parte patronal? Porque não correr atrás dos rombos, roubos, furos e resolver as pendencias dos inúmeros prédios tomados como garantias esparramados Brasil afora, abandonados ao relento e deteriorando ou sendo ocupados indevidamente? Porque não apurar os verdadeiros responsáveis pelas inadimplências e o porquê do perdão governamental para dividas que deveriam compor o saldo da Previdência? Porque não fazer uma reforma política e tributária, antes de mexer com o dinheirinho do Brasileiro?

Na verdade o olho grande esta na bolada que esta parada na previdência e se o governo tomar posse dele tapará todos os “buracos” da politica sem precisar pressionar ninguém, ou seja, as grandes fortunas. Daí para frente cada um contribuirá para a sua própria aposentadoria, sem o viés governamental, que sairá de cena sem nenhuma cobrança ou culpa (peso de consciência). Hoje você pode fazer uma previdência privada que é controlada pelos bancos e não é por acaso que estas mudanças estão sendo pretendidas com urgência, pois o Ministro da Economia também é banqueiro e se beneficiará desta mudança.

SEEB Sorocaba

#sindnews

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo