RH do Bradesco está investigando assédio moral no Prime de Itu


Diante das cerca de 30 denúncias de assédio moral, recebidas da agência Prime do Bradesco de Itu, no final do mês de outubro, o Sindicato dos Bancários de Sorocaba e Região tomou providências e agiu. Investigou a veracidade das denúncias contra a gestora e seu triste e estarrecedor teor. Chamou Luis Fernando Santos – Gerente Regional da Campinas Oeste do banco Bradesco – para esclarecimentos, no dia 31 de outubro.

Mas a conversa não resolveu, levando o sindicato a fazer dois protestos na agência, nos dias 7 e 14 de novembro, com faixas, folhetos e microfone, para todos que estavam no banco ouvirem. Depois desses dois episódios, os funcionários disseram que o clima no local melhorou um pouco e que a gestora assediadora já não se reportava mais pessoalmente aos subordinados. Menos mal, mas a situação precisava ser resolvida. Então, no dia 16 de novembro, o RH do banco Bradesco entrou em contato com o Sindicato, para elucidar os fatos das denúncias de assédio moral envolvendo a gestora da referida agência.

Em conversa telefônica com o presidente do sindicato, Júlio César Machado, o RH do banco se comprometeu a averiguar os fatos referentes ao caso e posteriormente, decidir que medidas tomar. Segundo Júlio, o RH disse desconhecer os fatos denunciados e por esse motivo iria investigar. “Agora está nas mãos do banco resolver essa situação e eles estão investigando. A essa altura já devem até ter confirmado os fatos e tomado uma decisão sobre o que fazer. Porém, estamos às vésperas do fim de ano, onde tudo tende a ser mais lento ou ter uma pausa. Então resta-nos aguardar e ter paciência, mas estamos certos de que o banco fará o que for melhor para solucionar o problema”, esclarece Júlio.

SEEB Sorocaba

#bradesco

Posts recentes

Ver tudo

Seguir:

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo