BB concorda em manter três ciclos avaliatórios para descomissionamento


O Banco do Brasil concordou em manter três ciclos avaliatórios no programa Gestão do Desempenho Profissional (GDP), durante a oitava rodada de negociação com os sindicatos para renovação do Aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), realizada nesta quarta-feira (22), em São Paulo. A proposta do BB apresentada na primeira rodada, realizada no dia 29 de junho, era reduzir de três para dois ciclos avaliatórios com desempenhos insatisfatórios para descomissionar.

Para a representante da Federação dos Bancários de SP e MS na mesa, Elisa Ferreira, “a manutenção dos três ciclos é um avanço e foi garantida depois de um longo debate na mesa”. Os sindicatos e a Fenaban retomam o processo de negociação nesta quinta-feira (23), depois da rodada entre o Comando Nacional dos Bancários e a Fenaban, que negociam a renovação da CCT em mesa única (bancos privados e públicos)

O BB reafirmou novamente a manutenção de várias cláusulas do Aditivo e apresentou mudanças em algumas delas. Confira.

Parcelamento de férias: A proposta do BB é o que está previsto na nova legislação trabalhista: três períodos; um deles com duração mínima de 14 dias. Os sindicatos propuseram um período mínimo de 12 dias, evitando assim a perda de um final de semana. O BB não se manifestou.

Banco de horas: Os sindicatos propuseram que a opção pelo banco de horas deve ser do bancário. E mais: a conversão em espécie deve ser garantida. O BB também não se manifestou.

Intervalo de descanso: O BB apresentou mudanças. Jornada de 6h, ampliar para 30 minutos (hoje, 15 minutos); jornada de 8h, reduzir para 30 minutos (hoje, 1h30). Os sindicatos informaram que os funcionários não aceitam ponto eletrônico no intervalo da jornada de 6h. Quanto à jornada de 8h, os sindicatos propuseram que a decisão em reduzir o horário de almoço deve ser do bancário, assim como a manutenção do período de 1h30. O banco não respondeu.

Fonte: FEEB SP/MS

#bb

Posts recentes

Ver tudo

Seguir:

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo