MAIS UMA VÍTIMA DA FATALIDADE!?


O jovem Gabriel Madia de apenas 25 anos de idade, funcionário do Itaú em Sorocaba, faleceu vítima de um acidente automobilístico na cidade de Itapeva, para onde foi destacado pelo banco.

Já discutimos este assunto com todos os bancos, mas não conseguimos a atenção devida para o assunto, pois quem contrata tem direito de exigir onde quer que o contratado trabalhe.

Porem, na busca incessante por uma projeção profissional os jovens se lançam as estradas da vida e até por falta de experiência ou por simples fatalidade, acabam perdendo aquilo que temos de mais precioso, nossa própria existência.

Hoje não podemos fazer nada por ele e aí fica a pergunta, será que vale a pena tanto sacrifício? E na nova lei trabalhista, o transito entre casa/ trabalho e trabalho/casa não é considerado mais acidente de trabalho, para piorar.

Na busca pelo sucesso é preciso avaliar as consequências e nossos limites. Ninguém quer imaginar que a vida possa acabar em uma esquina, em uma caminhada ou numa noite de sono, mas é assim que acontece e quanto mais nos dedicamos, mais corremos riscos que passam despercebidos no dia-a-dia de trabalho.

Continuaremos discutindo este e outros assuntos pertinentes as nossas funções profissionais, que em comparação a lucratividade da empresa não significam nada. Para isso precisamos do apoio da categoria e que todos tenham o máximo de cautela quando do recebimento de uma ordem, seja para venda ou para uma cobertura de férias ou apenas uma substituição momentânea. Para estes casos existe a penalização da perda do emprego quando da venda de um produto irregular ou a perda da vida, sem nenhuma remuneração prometida, só o cumprimento de uma ordem.

Para o Gabriel isso não fará mais nenhuma diferença, nem para seus familiares!

Sindicato dos Bancários de Sorocaba

#sindnews

Posts recentes

Ver tudo

Seguir:

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo