• Sindicato dos Bancários

"Pílulas" - Nem os empresários acreditam que a flexibilização das leis trabalhistas gerem


“Pílulas sobre a destruição do direito dos trabalhadores”

A partir de agora, o Sindicato dos Bancários irá disponibilizar, periodicamente, alguns pequenos textos-pensamento do professor universitário Dr. João Batista Martins Cesar, a respeito das reformas que o governo está intentando implantar no Brasil. A esses textos, o professor deu o nome de “pílulas sobre a destruição do direito dos trabalhadores”, justamente por serem 'doses homeopáticas' de raciocínio e informação. Eles estão mesclados com as fontes de onde João Batista retirou as informações. Boa leitura e reflexão.

“Muitas são as falácias utilizadas para justificar a “reforma trabalhista”. A primeira delas é a de que a proteção do direito do trabalho gera desemprego, sendo necessária a flexibilização da legislação trabalhista para a criação de postos de trabalho. Os próprios empresários não acreditam nisso. (Para 73% dos empresários paulistas, a reforma dá pouco incentivo ao emprego. Cf. http://www.infomoney.com.br/carreira/clt/noticia/6402750/para-das-empresas-reforma-trabalhista-nao-grande-incentivo-contratacoes-investimentos). Estudos mostram que não há qualquer relação determinante entre a proteção trabalhista e a geração de empregos. Exatamente por isso, o FMI não mais apregoa o receituário neoliberal. (http://economia.uol.com.br/noticias/bbc/2017/01/18/presidente-do-fmi-contradiz-meirelles-e-afirma-que-prioridade-deve-ser-combate-a-desigualdade-social.htm - http://www.bbc.com/portuguese/brasil-39714346).

Na verdade, os estudos comprovam que, em termos de macroeconomia, a retirada de direitos dos trabalhadores provoca a queda do poder aquisitivo da população, por consequência, micros e pequenos empresários serão afetados, em um futuro próximo, com o consequente aprofundamento da crise econômica. Ex. Espanha, Argentina, México e Grécia. (http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,apos-sete-anos-crise-na-grecia-vira-depressao,70001765685 )”.

Dr. João Batista Martins Cesar

Professor Universitário

#sindnews

Seguir:

9 9784-7687

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo