Resultado da reunião de negociação COE Santander e CONTEC


Foi realizada nesta sexta-feira (21/10), em São Paulo - Capital, às 10 h, a reunião a COE SANTANDER / CONTEC, para analisar a proposta do Aditivo do Banco à Convenção Coletiva de Trabalho FENABAN 2016/2018, sendo o Banco representado pelas sras. Fabiana Ribeiro e Vanessa Monti. A Mesa da CONTEC estava representada por Lourenço Prado (CONTEC – Coordenador) e os companheiros Gustavo Walfrido (FEEB AL PE RN), Harley Vizoná (SEEB Votuporanga SP), Marconi Giovanini (SEEB Marília SP), Vascon, Mancilha e João (SEEB São José dos Campos SP). Foi afirmado, por ambas as partes, o interesse de se celebrar o referido Aditivo, como já vem sendo feito há vários anos.

A contraproposta do Santander foi no sentido de ser renovado o Aditivo, por dois (02) anos, com base no reajuste das Bolsas de Estudos em 5% (cinco por cento), em 2017 e também 5% (cinco por cento) em 2018, o PPRS reajustado em 8% (oito por cento), ou seja, R$. 2.178,00 (dois mil e cento e setenta e oito reais) e o reajuste em 2018 com base na inflação do período, medida pelo INPC e mais o ganho real de 1% (um por cento) e assinaturas de Termo de Compromisso CABESP, Termo de Compromisso BANESPREV e Termo de Compromisso em relação ao Sistema de Remuneração Variável – SRV e aos Programas Próprios Específicos – PPE e de Gestão – PPG.

O banco espanhol descartou reativar o pagamento do prêmio de dois salários aos funcionários que completarem 25 anos de serviço (hoje suspenso); não concorda em conceder empréstimo de férias; nem estender o abono de R$ 3.500,00 aos aposentados que não aderiram à cláusula 44ª (reajuste da categoria) e atendimento do plano de saúde para filhos até 24 anos.

A Mesa CONTEC após análise, e tendo em vista reajustamentos diferentes em Bolsas de Estudos e PPRS e quantos aos valores aquém dos esperados e não extensão do Abono de R$.3.500,00 aos aposentados e informou ao Banco que a contraproposta ainda é insuficiente e reivindicava que ela fosse melhorada para, em reunião futura, houvesse uma solução definitiva, dentro dos próximos dias.

O Santander reafirmou a dificuldade de majorar qualquer ponto da contraproposta, mas estudará a possibilidade de uma nova reunião, para concluir a negociação ainda em 2016.

Orientamos aos funcionários do Banco Santander e acolher outras sugestões e alternativas que auxiliem na solução do atual conflito, sem descartar a necessária mobilização para apoio das negociações em curso.

Diretoria Executiva da CONTEC

#1 #santander

Posts recentes

Ver tudo

Seguir:

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo