Conciliadores do Cejusc estão em estado de greve


Os conciliadores do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) declararam estado de greve na tarde de segunda-feira (22), e com isso, o atendimento aos munícipes que tinham data agendada nas Casas do Cidadão – unidades ligadas à SPG - está suspenso até o término do movimento; posteriormente, novas datas serão agendadas para esse público. A informação da paralisação dos serviços foi informada por meio de nota da Secretaria de Planejamento e Gestão (SPG), da Prefeitura de Sorocaba. O órgão tem atuação no município de Sorocaba, principalmente, em casos de conciliações relacionadas à Vara da Família (pensões e divórcios). Enquanto permanecer o estado de greve, os sorocabanos que necessitam dos serviços oferecidos pelos conciliadores podem acessar o portal da Prefeitura www.sorocaba.sp.gov.br/atendimento , a fim de obter mais informações de como proceder e quais os documentos necessários. Quem não tem acesso à internet, pode ir pessoalmente à Casa do Cidadão ou fazer contato via fone 156. Sobre o Cejusc Em Sorocaba, o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) funciona por meio de um convênio com o Estado, em que são feitos atendimentos de forma gratuita tanto nas Casas do Cidadão ou na unidade do Seminário. O atendimento é das 9h às 17h Por meio de conciliações, o Cejusc busca uma tentativa de acordo amigável entre as partes, antes do ajuizamento da ação ou durante um processo judicial, quanto a questões cíveis que versam sobre direitos patrimoniais disponíveis, questões de família e da infância e juventude. É um meio de resolução de conflitos em que as partes confiam a uma terceira pessoa (neutra), o conciliador, a função de aproximá-las e orientá-las na construção de um acordo. Depois do atendimento inicial, os interessados se dirigem ao setor de conciliação, com os documentos necessários. Após o relato da parte reclamante, a reclamada é convidada a comparecer em data e horário marcados pelo referido setor. Durante o processo judicial, as partes serão encaminhadas por determinação do juiz responsável pelo feito. (Secom Sorocaba)

Fonte: Cruzeiro do Sul

#sindnews

Seguir:

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo