• Sindicato dos Bancários

Questão de ética profissional!


Se a ética profissional fosse respeitada, muitos malandros não estariam garantidos ao sol e teriam que se profissionalizar para continuar exercendo suas funções. Na advocacia encontramos alguns exemplos, mas com habilidade alguns profissionais se esgueiram por entre brechas do sistema e invadem bases territoriais, que devem ser respeitadas por acordo entre eles. Assim alguns bancários estão sendo procurados para a prestação de serviços por parte de advogados que criticam a atuação sindical antes mesmo de oferecer seus serviços. Um bancário me questionou a respeito disso, dizendo que não via problema em trabalhar com um advogado que não fosse da praça e eu perguntei se havia confiança por parte dele no serviço do pretendente ao seu processo. Na sequencia questionei o valor que o pretendente colocou em seu processo (R$ 500 mil) como poderia ele ter certeza do valor? A finalidade é conquistar o cliente, o resultado é consequência de um bom trabalho ou não! Na base territorial da Federação dos Bancários de SP/MS, da qual pertencemos, um funcionário foi procurado durante o expediente e informado por um escritório de advocacia de que seria demitido ao final do expediente e foi! Alem da informação privilegiada que é um erro, pois parte de alguém bem relacionado lá dentro, o advogado começou sua conversa destratando o sindicato e criticando nosso modo de agir, que hoje em dia virou moda tendo em vista os escândalos políticos. A dita ÉTICA PROFISSIONAL esta sendo tratada da boca para fora! Por Julio Cesar Machado

#sindnews

Seguir:

9 9784-7687

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo