Funcionário do Bradesco tem sua demissão revertida


Para contrariar aqueles que dizem que o sindicato não faz nada, que não precisa de nossos serviços, informamos que nosso departamento jurídico atuou pontualmente em um caso de desligamento e reverteu a situação. Este fato aconteceu em nossa região e o funcionário havia sido demitido por estar próximo de sua aposentadoria pela previdência social, que o banco insiste na tese de que aposentado perde o interesse pela empresa. Diante do relato do próprio funcionário em relação ao seu tempo de serviço, nosso jurídico fez um levantamento detalhado e constatou que o trabalhador já estava com sua estabilidade garantida e provou para o RH do banco que não teve alternativa senão chamar o trabalhador de volta as suas funções. O grande perigo neste momento é o banco ofertar um acordo para excluí-lo definitivamente do quadro de funcionários, o que não aconselhamos. Travamos uma batalha de anos com o banco que prefere dizer não quer ter trabalho com os aposentados ou demitidos (neste caso com plano de saúde), porque já tem muitos problemas com os funcionários da ativa. A reversão de uma demissão é muito dolorosa para o banco, que costuma dizer estar correto em tudo o que faz e se algo der errado, procura descobrir um culpado para demissão posterior. Alertamos os trabalhadores que prestem atenção em nossa Convenção Coletiva (CCT) no campo das estabilidades e procurem pelo sindicato quando tiver alguma duvida neste sentido. Até o serviço militar da direito a estabilidade, informe-se com nossas advogadas (Caterine / Rúbia)aqui no sindicato pelo fone 32292990, das 09 às 12 horas, de segunda a sexta-feira. É seu emprego que está em jogo, então seja prudente e procure por seus direitos! Por Julio Cesar Machado

#3 #bradesco

Seguir:

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo