Reforma de Temer na Previdência não deve afetar quem já está no mercado


Michel Temer comunicou a presidentes e líderes de partidos que a reforma da Previdência Social que pretende enviar ao Congresso Nacional não alterará direitos de quem já está no mercado de trabalho. Toda e qualquer mudança só valeria para quem ingressar no sistema a partir da aprovação da proposta.

LÁ NA FRENTE Um dos mais próximos assessores de Temer confirma que as aposentadorias ficam como estão para trabalhadores que estão na ativa. E que mudanças como o estabelecimento de uma idade mínima para vestir o pijama só seriam adotadas para futuros integrantes do sistema da Previdência.

PAREDE Temer quer com isso diminuir as previsíveis e fortes resistências que projetos de alteração do sistema sempre encontram no parlamento.

RELEITURA Procuradores da Operação Lava Jato defendem a revisão de algumas delações premiadas –como, por exemplo, a do dono da UTC, Ricardo Pessoa. Não há consenso na força-tarefa sobre essa possibilidade.

FALA TUDO A revisão ocorreria porque os primeiros empreiteiros a colaborar com a Justiça podem, na visão de alguns investigadores, não ter contado tudo o que sabem.

DE VOLTA Na hipótese levantada, os delatores perdem os benefícios que obtiveram, de diminuição de penas e de cumprirem as sentenças condenatórias fora da prisão.

Fonte: Folha de SP

#sindnews

Seguir:

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo