Caixa Econômica Federal se compromete a fechar mais de quatro mil acordos na Semana Nacional de Conc


REPÓRTER: A Caixa Econômica Federal foi a primeira empresa a formalizar um compromisso com o Tribunal Superior do Trabalho de participação na Semana Nacional de Conciliação Trabalhista, que vai ser realizada de 13 a 17 de junho. A proposta foi apresentada ao vice-presidente do TST, ministro Emmanoel Pereira, e abrange 4,6 mil processos que podem ser solucionados por acordo entre as partes.

A empresa quer contribuir com a política de conciliação adotando estratégias para fechar acordos interessantes tanto para a instituição quanto para os trabalhadores, desistindo de recursos ou mesmo se submetendo à decisão dos TRTs, sem recorrer. O superintendente nacional da Caixa, Gryecos Loureiro, explica que a conciliação é priorizada pela diretoria do banco, porque além de ser um caminho mais econômico é melhor também para os empregados:

Gryecos Loureiro - superintendente nacional da Caixa

"No caso da Justiça do Trabalho, em especial, mais importante que nós estamos falando com relação aos trabalhadores, né. Empregados da empresa. Então a Caixa, não só sob esse viés econômico, sob política institucional com os tribunais, mas tem interesse prioritário que é de pacificação da relação de trabalho com os seus empregados".

REPÓRTER: O vice-presidente do TST, ministro Emmanoel Pereira, espera que a adesão da Caixa Econômica Federal à Semana Nacional de Conciliação Trabalhista incentive outras empresas a adotarem a conciliação como forma de resolver processos judiciais".

SONORA: Emmanoel Pereira – ministro do TST

"Eu reputo da maior importância essa adesão da Caixa Econômica não só pelo volume de processos que já foram selecionados para serem julgados na Semana da conciliação, julgados ou feito o acordo, não é, na Semana da Conciliação, e eu espero que sirva de motivo para que outras empresas brasileiras venham ao TST e procurem os TRTs para também seguir o mesmo caminho que a Caixa Econômica tá trilhando hoje".

REPÓRTER: A II Semana Nacional de Conciliação Trabalhista vai ser realizada nos órgãos da Justiça do Trabalho de 1º e 2º graus, de 13 a 17 de junho, com o tema "Conciliação: você participa da solução". Empresas que tenham interesse em fazer acordos devem procurar os Tribunais Regionais do Trabalho, os Núcleos de Conciliação da Justiça do Trabalho ou a vice-presidência do TST, até o dia 13 de maio, para informar os processos que serão alvos dos acordos.

Fonte: TST

#2 #caixafederal

0 comentário