Nota Fiscal Paulista libera R$ 10,9 milhões a Sorocaba


Os sorocabanos que pedem a Nota Fiscal Paulista em estabelecimentos comerciais têm disponível, desde ontem, a restituição de R$ 10.256.835,22, liberados pela Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo. O montante é 22% menor do que o restituído em 2015, que chegou a R$ 13.179.131,37. Esse dinheiro já pode ser transferido para conta-corrente ou poupança do consumidor titular. Os créditos disponíveis se referem às compras feitas no primeiro semestre de 2015. Nas outras quatro maiores cidades da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) -- Itu, Itapetininga, Salto e Votorantim --, o valor liberado chega a R$ 6.837.141,88. A liberação dos créditos da Nota Fiscal Paulista em todo o Estado gerou instabilidade e o site chegou a cair. Segundo a assessoria, o grande acesso foi responsável pelo problema. Aqueles que não conseguiram, diante disso, precisaram voltar mais tarde. Para consultar o valor disponível, o consumidor deve acessar o endereço www.nfp. fazenda.sp.gov.br. No site, deve digitar o CPF e a senha. Neste ano, o total em créditos da Nota Fiscal foi 22,2% menor do que o de 2015. Em abril do ano passado, os sorocabanos dividiram R$ 13.179.131,37. A restituição aos consumidores de Votorantim teve queda maior, de 36,4%. Enquanto o volume de créditos foi de R$ 1.994.229,06 no ano passado, esse volume caiu a R$ 1.268.492,08 em 2016. Os créditos liberados aos consumidores de Itapetininga, por sua vez, caíram 18,2%, passando de R$ 2.192.946,26 para R$ 1.792.403,56 neste ano. Em Itu, segunda maior cidade da RMS, a Nota Fiscal Paulista atingiu neste ano R$ 2.433.265,20. O quarto maior montante para uma cidade da RMS beneficiou Salto, com o R$ 1.342.981,04.

Fonte: Cruzeiro do Sul

#sindnews

Seguir:

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo