Sindicato faz protesto contra reestruturação no BB


Os funcionários do Banco do Brasil realizam nesta terça-feira, dia 15 de março, Dia Nacional de Luta em protesto contra as sucessivas reestruturações promovidas sem debate, sem discussão alguma com os sindicatos. A mais recente data de 7 de janeiro passado, quando o BB anunciou o processo de reestruturação na Visin (Vice-Presidência de Serviços de Infraestrutura), envolvendo as principais localidades onde já existem os grandes centros de serviços e logística e, praticamente, todos os locais com plataformas PSO. E mais: anunciou que seriam criados diversos cargos e haveria movimentação de pessoal em várias localidades. Na ocasião, os sindicatos exigiram prorrogação do prazo de implantação, programada para janeiro passado, e garantias efetivas de realocação de pessoal, sem redução do quadro e salários. Apesar de assumir compromisso, a diretoria do BB não cumpriu nada que assegurou aos sindicatos. Por exemplo, a permanência de caixas nas unidades de PSO não aconteceu; na verdade, foram transferidos para as agências. Resultado: os caixas executivos foram duramente prejudicados, com redução salarial em função do corte da gratificação. Sem falar que o BB ainda não pagou a Verba de Caráter Pessoal (VCP), garantida pelo período de quatro meses. Outra grave situação: ao centralizar os serviços, vários funcionários foram obrigados a se transferirem para outras cidades diante do corte de funções. E isso não é tudo. O BB não forneceu a planilha completa com todos os cargos cortados e as cidades envolvidas. Em Sorocaba a PSO foi prejudicada pois caiu de nível. Com isso o gerente perdeu 15% em seu salário e também houve a diminuição de funcionários. Alguns conseguiram se realocar, mas dois deles perderam suas funções de caixa e as respectivas gratificações. Estamos aguardando providências da Gerev Sorocaba, uma vez que a diretoria do banco, assumiu na mesa de negociações o compromisso de que esses funcionários prejudicados teriam prioridade nas vagas existentes ou que venham a existir.

Visita Tendo em vista o problema da reestruturação e outros assuntos pertinentes aos funcionários do Banco do Brasil, Jefferson Boava - presidente do Sindicato dos Bancários de Campinas, funcionário e membro da Comissão de Empresa do BB - esteve visitando o Sindicato dos Bancários de Sorocaba e Região, neste dia 17 de março. A visita aconteceu para conversar com a diretoria liberada de Sorocaba e definir estratégias de enfrentamento desses problemas que tanto afetam os funcionários do banco.

SEEB Sorocaba

#2 #bb

Seguir:

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo