• Sindicato dos Bancários

Prefeitura aguarda a relação do zika com a microcefalia


A Prefeitura de Sorocaba aguarda a confirmação de um caso de zika vírus e a relação de uma suspeita de microcefalia provocada pela doença, que é transmitida pelo mosquito aedes aegypti. Os dois casos estão em análise pelo laboratório Adolfo Lutz e o caso da gestante deve ser divulgado na segunda-feira (21). O suspeito de estar com zika tem 61 anos e não foi divulgado quando sairá a confirmação sobre a infecção. Já no caso desta paciente, todos os outros possíveis causadores da microcefalia foram rejeitados por meio de exames, afirma o secretário de Saúde, Francisco Antonio Fernandes. Resta agora o teste sobre o zika. Nenhum paciente de Sorocaba, entretanto, foi diagnosticado com a doença até o momento. Segundo o secretário da Saúde, cinco notificações por zika vírus foram descartadas e apenas uma suspeita está em investigação. A informação é de que o paciente, de 61 anos, apresentou os sintomas dessa doença na sexta-feira e prontamente foi encaminhado para o Adolfo Lutz. Ainda de acordo com o boletim epidemiológico de Sorocaba, divulgado ontem pelo secretário de Saúde e sua equipe, três moradores da cidade têm o diagnóstico de febre chikungunya e outros três casos estão por confirmar. Outra doença que tem deixado a Prefeitura de Sorocaba em alerta é a Síndrome de Guillain-Barré -- que não é infecciosa. Uma criança de cinco teria sido notificada com essa doença neste mês. Conforme Fernandes, a síndrome acomete pessoas que tenham sido afetadas por alguma virose, como a dengue. Já em relação à dengue, não houve nenhum registro de caso neste mês, aponta o secretário. Ao longo do segundo semestre, 25 pessoas foram infectadas com a dengue em Sorocaba. Os três últimos casos foram notificados em novembro. Com isso, a cidade pode fechar o ano com 52.897 casos notificados da doença, que deixou 37 mortos no primeiro semestre.

Fonte: Cruzeiro do Sul

#sindnews

0 comentário

Seguir:

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo