• Sindicato dos Bancários

Indústria eletroeletrônica demite 32,8 mil pessoas


A indústria eletroeletrônica brasileira fechou 32.834 vagas de trabalho desde o começo deste ano até outubro, o que significa uma queda de 11,18% no período.

Hoje, o setor emprega 260.776 pessoas. O número é um pouco superior aos 259 mil registrados em 2009, quando o Brasil sentiu os impactos da crise internacional e quando o recuo do mercado de trabalho da indústria eletroeletrônica ficou em 4%.

"Não tenho lembrança de um ano com tantas demissões. O que preocupa ainda mais é que o declínio é muito acentuado e não para", afirma o presidente da Abinee (associação do setor), Humberto Barbato.

Apenas em outubro, houve uma retração de 1,56% nos postos, com 4.135 pessoas dispensadas. Desde o início do ano, apenas o mês de janeiro não teve dispensas. A situação, porém, se degradou a partir do segundo trimestre.

"O governo, no afã de aumentar a arrecadação, não toma medidas que possam minimizar o problema do desemprego e da diminuição do consumo", acrescenta o executivo em referência à medida provisória 690.

O texto, que desonera a tributação sobre eletrônicos, deixará de valer em fevereiro de 2016. Antes, estava programado para expirar em 1º de dezembro, mas sua vigência foi prorrogada.

Fonte: Folha.com

#sindnews

0 comentário

Seguir:

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo