• Sindicato dos Bancários

Bancários cobram esclarecimentos do Itaú sobre declaração de diretor


As declarações do diretor da Área de Varejo do Itaú, Marco Bonomi, sobre o fechamento de agências e cortes de postos de trabalho serão debatidas em reunião na próxima quarta-feira (23). Dirigentes da Contraf-CUT vão cobrar respeito aos empregos dos bancários. Em reunião de acionistas na penúltima semana de agosto, ao reforçar a estratégia do Itaú de apostar cada vez mais no atendimento digital, Bonomi disse que em três anos o banco fecharia 15% das cerca 4 mil agências físicas que possui em todo o país e, em 10 anos, metade das chamadas "agências tijolo" deveriam ser extintas. O Itaú conta hoje com 90 mil funcionários, dos quais 60 mil em agências, portanto, a estratégia poderia resultar no corte de 30 mil empregos. A declaração deixou os funcionários muito apreensivos. "Por isso cobramos essa reunião. Para esclarecer essas afirmações e cobrar a manutenção dos empregos diante da política de investimento digital", afirma a secretária-geral do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Ivone Maria da Silva. "Com a lucratividade do Itaú, deveríamos estar é vivendo é uma situação de pleno emprego." Fonte: SP Bancários

#3 #itaú

Seguir:

9 9784-7687

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo