Instituições financeiras aumentam valor de anuidade de cartão de crédito


Muita gente não se deu conta, mas os bancos estão avançando sobre o bolso de boa parte de sua clientela. As instituições financeiras praticamente dobraram o valor das taxas de administração cobradas uma vez por ano nos cartões de crédito. Como esse encargo é parcelado em até 12 vezes, os consumidores não se dão conta do elevado custo do dinheiro de plástico. No Bradesco, por exemplo, a taxa do cartão Infinite subiu de R$ 630 para R$ 790 em um ano, variação de 25,4%.

Não por acaso, os educadores financeiros alertam que, além de controlar os gastos com o cartão, é preciso acompanhar com lupa os custos. Apesar dessas recomendações, a estudante Marcella Gama, 23 anos, nem sabe o quanto gasta com a taxa de administração. Ao pagar a fatura de abril, se assustou com a anuidade.

A coordenadora da associação de consumidores Proteste, Maria Inês Dolci, recomenda verificar o custo em diferentes operadoras. "É importante pesquisar preços ou mesmo verificar quais cartões são isentos de anuidade", afirmou. Há casos em que o valor da taxa um cartão é 178,5% superior a de outro com as mesmas bandeira e categoria em outro banco

Benefícios Mais importante do que substituir um cartão por outro com valor de anuidade inferior é saber se os benefícios oferecidos compensam a manutenção da taxa. "Tem consumidores que mantêm um cartão internacional, mas não viajam ao exterior nem usam para fazer compras. Nessas situações, o ideal é substituir por um nacional, que, geralmente, onera menos o bolso", explica Maria Inês Dolci.

Fonte: Correio Braziliense

#sindnews

0 comentário