• Sindicato dos Bancários

BNDES e Caixa não receberão mais lista suja do trabalho escravo


Bancos públicos, como o BNDES e a Caixa, não vão mais receber diretamente do governo a lista de empresas condenadas por manterem trabalhadores em situação análoga à escravidão, a chamada “lista suja” do trabalho escravo.

Portaria assinada nesta terça-feira (31) pelos ministros do Trabalho, Manoel Dias, e dos Direitos Humanos, Ideli Salvati, revogou o documento anterior que obrigava o Ministério do Trabalho a enviar para 13 órgãos da administração pública, semestralmente, a “lista suja”.

A nova portaria diz que o documento ficará disponível na internet.

A lista deixou de ser publicada no fim do ano passado após uma liminar judicial.

Fonte: Gazeta do Povo

#caixafederal

0 comentário