• Sindicato dos Bancários

Bancários protestam e cobram garantia de emprego no HSBC


Bancários de Curitiba - cidade sede do HSBC no Brasil - estão realizando protestos em defesa do emprego dos funcionários do banco inglês. Diante das denúncias mundiais envolvendo a instituição, os dirigentes sindicais expuseram aos curitibanos os fatos que estão sendo apurados sobre os 106 mil clientes, suspeitos de sonegação de impostos, em 203 países.

"Não é justo que o HSBC se aproveite de falhas nas regras fiscais dos países para ajudar clientes dispostos a sonegar impostos e esconder dinheiro em paraísos fiscais e ainda saia impune. Queremos fiscalização por parte das autoridades e órgãos competentes", destacou Cristiane Zacarias, coordenadora da COE do HSBC.

As denúncias apontam que somente os correntistas brasileiros tinham depositados cerca de US$ 7 bilhões nos anos de 2006 e 2007 no banco em Genebra. Eram 6.606 contas e 8.667 clientes envolvidos.

"Por isso, é fundamental que o Senado dê andamento à CPI que está proposta e que a Polícia Federal também investigue as denúncias. Além disso, estamos de olho no caso para lutar para a proteção do emprego dos funcionários do HSBC, pois eles são vítimas desse esquema de corrupção do banco, que agora tem futuro incerto", destacou Ricardo Santos Filho, diretor do Sindicato dos Bancários de Sorocaba e Região e funcionário do HSBC.

Fonte: SEEB Curitiba com SEEB Sorocaba

#hsbc

0 comentário