Quadrilha que explodiu caixas em hospital usou carro dublê


O carro utilizado pela quadrilha que explodiu dois caixas eletrônicos dentro do hospital da Unimed na manhã de domingo tinha placas dublês e já foi utilizado em outras ações criminosas do mesmo tipo, na região de Campinas. A informação foi dada em entrevista coletiva nesta segunda-feira pelo delegado assistente da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), Rodrigo Ayres, e o titular do 5º DP, José Ordele Alves Lima Júnior. Segundo eles, por medida de estratégia da investigação, não poderiam passar mais detalhes. Ordele explicou que era o delegado de permanência neste último final de semana. Segundo ele, a escala, semanal, visa prestar atendimento a ocorrências de gravidade, e que nesse caso, por ter ocorrido dentro de um hospital, o crime foi visto como uma demanda grave. Em nota enviada pela assessoria da Secretaria de Segurança Pública (SSP), o delegado seccional Marcelo Carriel informou que o caso foi designado para a DIG e 4 DP, que é o distrito da área. O crime Cinco homens armados com pistolas e fuzis invadiram o hospital às 6h14, dois caixas eletrônicos do bando Itaú existentes no átrio do hospital, situado no Parque Santa Isabel (região do Jardim São Paulo). No local, foram apreendidas notas de R$ 50 e R$ 20, danificadas, totalizando a quantia de R$ 10.880. O valor foi deixado pelos criminosos. Os bandidos tiveram acesso ao dinheiro de somente um dos caixas. Eles fugiram em um jipe Mitsubishi Pajero prata.

Fonte: Cruzeiro do Sul

#itaú

Seguir:

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo