Promoção por Mérito na CAIXA será equiparada entre Carreira Profissional e Administrativa


A CAIXA ECONÔMICA FEDERAL , depois de muita insistência e discussão por parte da CONTEC e ANEAC, resolveu equiparar as regras para promoção nas Seleções Internas por Competência de Funções Gratificadas - FG (PSIC – Processos de Seleção Interna por Competência e Bancos de Sucessores / Oportunidades) entre os empregados Profissionais e Administrativos.

A revisão nas atuais regras de pontuação obteve reconhecimento pela Empresa, que entende como pertinente a atribuição de pontuação relativa ao exercício do cargo da carreira profissional equivalente à pontuação atribuída para empregados da carreira administrativa na linha de sucessão primária nas condições a seguir:

1. Nas seleções cujo objeto de provimento sejam as FG com previsão e universo de recrutamento a carreira profissional.

2. Nas seleções específicas será permitido atribuir pontuação ao cargo da carreira profissional desde que as área/unidade de provimento da FG possua vaga(s) de cargo efetivo da carreira profissional na LAP.

3. Nos Bancos, poderá ser atribuída pontuação nos Bancos de Sucessores e/ou Novos Bancos de Oportunidades para FG cujo universo de recrutamento inclui empregados da Carreira Profissional.

4. O aproveitamento de empregado da carreira profissional que componha um dos Bancos será permitido desde que a área/unidade de designação possua vaga de cargo efetivo da carreira profissional e que a FG a ser provida tenha como universo de recrutamento empregados da carreira profissional.

As novas regras de pontuação abrangem FG com previsão e universo de recrutamento que incluem a carreira profissional, que vai desde a função de Supervisor de Filial, passando pelas funções de Coordenador de Filial, Gerente de Filial, Coordenador de Projetos Matriz e Gerente Executivo, que são as primeiras funções gratificadas gerenciais em que estes profissionais podem concorrer.

A CONTEC e a CAIXA devem debater a sistemática de avaliação 2015, para promoção por mérito em 2016, ainda neste mês, em data a ser confirmada. Na ocasião, a CAIXA deverá formalizar a equiparação das regras para empregados profissionais e, da área administrativa.

Fonte: CONTEC

#caixafederal

0 comentário