Presidente do Bradesco recusa convite de Dilma para Fazenda


Luiz Carlos Trabuco, presidente do Bradesco, recusou o convite de Dilma Rousseff (PT) para assumir o comando do Ministério da Fazenda. Na quarta-feira, em encontro com a petista, ele agradeceu, mas disse que não pode aceitar por que já assumiu uma série de compromissos profissionais com Lázaro Brandão, presidente do Conselho de Administração do banco. As informações são da Folha de S. Paulo.

De acordo com o jornal, Joaquim Levy (ex-secretário do Tesouro no governo Lula), Nelson Barbosa (ex-secretário-executivo da Fazenda) e Alexandre Tombini (atual presidente do Banco Central) são outros nomes cotados para formar a equipe econômica de Dilma. Há a possibilidade até mesmo de os três integrarem o governo. Técnicos especializados e com experiência no setor, eles compensariam a ausência de um grande nome no comando do Ministério.

Ainda segundo a Folha, a divulgação oficial pode acontecer até a próxima segunda-feira.

Fonte: Terra

#bradesco

0 comentário