• Sindicato dos Bancários

Ambiente pressiona rentabilidade dos bancos brasileiros em 2015, vê Fitch


O setor bancário brasileiro enfrenta uma perspectiva negativa para 2015 refletindo a deterioração do ambiente operacional e da qualidade dos ativos, condições que estão colocando pressão sobre a performance das instituições, de acordo com relatório da agência de classificação de risco Fitch Ratings.

Na avaliação da agência, o forte crescimento dos empréstimos coloca pressão sobre a qualidade dos ativos dos bancos públicos. A rentabilidade, vê a Fitch, deve enfrentar pressão adicional devido ao espaço limitado de manobra. E o recente crescimento das carteiras mais arriscadas representa outra vulnerabilidade.

Por outro lado, a agência considera que os grandes bancos privados têm sido capazes de enfrentar um cenário de fraco desempenho econômico e de limitar o impacto potencial sobre a sua rentabilidade e qualidade de ativos. A mudança no mix de empréstimo dessas instituições, com reforço nas carteiras mais seguras, contribui para o seu perfil financeiro resiliente.

"A lucratividade enfrenta uma pressão adicional dado o esperado aumento nos custos de crédito e da concorrência acirrada, a despeito do benefício temporário nas margens devido aos recentes aumentos nas taxas de juros", diz Eduardo Ribas, diretor da Fitch na América Latina, em nota divulgada sobre o relatório.

A análise ainda diz que a diversificação de negócios e de financiamentos são a chave para os bancos de médio porte. De acordo com a agência, os "bancos médios mais bem avaliados devem ser capazes de lidar com o ambiente desafiador devido a uma estrutura de financiamento de custo mais baixo e modelos de negócio mais flexíveis".

Apesar disso, a agência afirma que a perspectiva do rating -nota de crédito- para os bancos brasileiros se mantém estável com base nos fundamentos das instituições, o que inclui gestão conservadora de risco de crédito e desempenho consistente.

Fonte: Bem Paraná

#sindnews

Seguir:

9 9784-7687

Endereço

Telefone

(15) 3229.2990

Sugestões, dúvidas ou reclamações?

Preencha o formulário abaixo